Esposa de GCM assassinada em frente à sede da Guarda Municipal, em Campos | Barra SJB Noticias

Esposa de GCM assassinada em frente à sede da Guarda Municipal, em Campos

A esposa de um guarda civil municipal foi baleada e morta na noite desta quarta-feira (13), por volta das 18h30, durante uma suposta tentativa de assalto em frente à sede do Grupamento Ambiental da corporação, dentro da antiga sede da Ceasa, no Parque Boa Vista, em Guarus. Patrícia Manhães, de 41 anos chegou a ser socorrida pelo marido, no próprio carro, um Spin preto, e levada para o Hospital Ferreira Machado (HFM), onde não resistiu aos ferimentos e morreu. Ela teria sido atingida por dois disparos, na cabeça e no pescoço.

Segundo informações iniciais, Patrícia, que era analista judiciário e morava em um prédio na rua Primeiro de Maio, na Pelinca, estaria no banco do carona quando foi alvejada e caiu para o lado do condutor. Alguns disparos atravessaram o veículo e saíram pela porta do motorista. O carro será periciado em frente ao HFM.

O delegado titular da 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, Luis Maurício Armond acompanha o caso também na unidade médica e disse que ainda está levantando informações sobre o caso.

Na sua página na rede social, a informação é de que Patrícia trabalhava no Tribunal de Justiça, tem dois filhos pequenos e faria 42 anos no dia seis de maio.

Além do delegado da 146ª, estiveram no HFM, o comandante da CGM, Marcos Soares de Souza e o juiz titular da 1ª Vara Cível de Campos, Ralph Manhães.

Fonte: Folha da Manhã