Neco exonera 37 comissionados e convoca 97 aprovados no concurso da Educação | Barra SJB Noticias

Neco exonera 37 comissionados e convoca 97 aprovados no concurso da Educação

O prefeito José Amaro Martins de Souza, Neco, publicou no Diário Oficial desta terça-feira, 24, a exoneração de 37 cargos comissionados e também a convocação de 97 aprovados no último concurso da Educação de São João João da Barra, nas provas aplicadas em janeiro do ano passado.

Os 37 cortes, 26 nomeados em cargos de confiança e outros 11 profissionais com função gratificada foram exonerados (ou destituídos), foram feitos nas Secretarias de Comunicação, Agricultura, Saúde, Assistência Social, Administração, Controle Interno, Educação e Cultura, Fazenda, Ouvidoria, Meio Ambiente, Obras e Serviços, Turismo/Esporte e Lazer, além da secretaria de Trabalho e Renda. Ao que tudo indica, a semana continuará com mais exonerações.

Por outro lado, 97 aprovados no concurso da Educação foram convocados para as funções de auxiliar de creche (7), orientador educacional (13), professor II – Libras (1), professor II – educação especial (4), professor I: Ciências (6), Geografia (5) e História (6). A relação conta também com chamada para os cargos de psicopedagogo (9) e professor II: 1º ao 5º ano (29), educação infantil (2) e creche (15).

Neco, espera economizar R$ 8 milhões por mês com os cortes anunciados através do decreto de emergência econômico-financeira com a determinação da limitação de despesas. O decreto foi divulgado no diário oficial do município no domingo, 22.

“Em 2014, arrecadamos R$ 425 milhões, no ano passado caiu para R$ 346 milhões e neste ano até agora R$ 88 milhões. Neste ritmo, arrecadaremos R$ 250 milhões neste ano, ou seja, uma queda brusca que nos fez ter necessidade imediata de corte de despesas”, disse o prefeito.

Outros cortes

O decreto de situação de emergência econômico-financeira pelo poder público municipal com a determinação da limitação de despesas devido à queda na arrecadação fez suspender o cartão alimentação dos servidores, redução no benefício da bolsa dos universitários, passes estudantis, encerramento dos contratos com as empresas terceirizadas,  além da dispensa dos profissionais contratados por meio do processo seletivo, antecipação do recesso escolar e redução do expediente administrativo, com a Prefeitura funcionando das 9h às 14h.

Confira aqui os exonerados.

Comércio local com poucas vendas

Os comerciantes não estão nem um pouco satisfeitos com a crise e muito menos com os cortes já realizados pelo poder público municipal. As vendas que já se encontravam baixas, diminuíram ainda mais.

– Desde o início deste ano que estou sofrendo com esses problemas de demissões e atrasos de pagamentos dos funcionários das empresas terceirizadas. Minhas vendas caíram quase 80%. Estou preocupada e já penso em demitir minhas duas funcionárias para conter os gastos -, disse uma empresária do Centro de São João da Barra.

Aumento na energia

Enquanto os salários continuam baixos e, com isso, entrando pouco dinheiro para os trabalhadores, as contas de energia fornecida pela Concessionária Ampla continuam aumento cada vez mais. Inúmeros consumidores já se encontram sem soluções para efetuarem o pagamento das contas com objetivo de evitarem cortes.

Campanhas de doação de alimentos

A fome também têm sido um problema sério. Famílias estão sem alimentos para consumo, onde pelas redes sociais campanhas estão sendo feitas pela população na tentativa suprir essa falta.

Porto do Açu vai inaugurar três terminais 

A Prumo Logística, empresa responsável pelo Porto do Açu, vai inaugurar no dia 7 de junho três terminais do empreendimento: o de Petróleo (Toil), o Multicargas (Tmult) e de Combustíveis Marítimos (Tecma).

 

Fonte: Parahybano